All for Joomla All for Webmasters
A ASSEPE – Associação de Estudos e Pesquisas Espíritas de João Pessoa – é uma entidade espírita, pluralista, progressista, livre-pensadora, que nasceu sob os auspícios de jovens mentes entusiastas do estudo, da pesquisa e do diálogo franco e aberto acerca das linhas e dos princípios que delineiam a doutrina, erguida sobre a égide do bom senso personificado na figura de Allan Kardec.

A Associação foi fundada na data do aniversário de nascimento de Allan Kardec, em 3 de outubro de 2004. Mas só em outubro de 2006 nasceu juridicamente.

Vale a pena, porém, traçar algumas linhas a mais sobre o surgimento do grupo precursor da Instituição.

Em janeiro de 2001, cinco jovens, Andréia Vargas , Geylson Kaio, Matheus Laureano , Amely Martins e Abraão Carvalho, se reuniram pela primeira vez na casa da primeira. Inicialmente o único interesse era promover momentos de encontro e conversa agradável. A priori, esses jovens tinham em comum a Doutrina Espírita. Queriam se reunir com mais freqüência para estreitar os laços de amizade, optando pelos sábados à tarde para se encontrar e conversar. Precisavam, contudo, estabelecer um tema para esses encontros, para que a conversa fosse produtiva e desenvolvesse em cada um a prática do respeito às idéias próprias e às dos outros. Ficou combinado que estudariam A Gênese – um livro não muito estudado nos grupos convencionais do movimento espírita. O livro serviria como roteiro para as discussões.

Acima de tudo, o espaço seria aberto para outras temáticas que seriam discutidas sob o prisma do Espiritismo. Existia, ainda, a vontade de convidar pessoas que, abertas também ao diálogo e não, necessariamente, fossem adeptas à doutrina dos espíritos, contribuíssem com a dinâmica das discussões, que deveriam ser sempre alteritárias.

A esse grupo base, mais outros cinco jovens aderiram à prática: Sidney Costa, Renata Simões, Dílson Júnior, Isabela Virgínio e Ayice Chaves Silva.

Importante salientar que todos esses jovens já possuíam experiência em Espiritismo, seja pelo estudo, seja pelo trabalho regular em alguma Casa Espírita. A grande maioria era oriunda da Federação Espírita Paraibana. Muitos ainda hoje desempenham tarefas nessa Instituição.

Reunindo-se todos os sábados, conversando, sempre prezando pelo debate salutar e enriquecimento do espírito, o grupo recebeu mais um casal, vindo do Ceará: Geci Camargo e Néventon Vargas.

Assim, despretensiosamente, esse grupo se consolidou, passando a cogitar de outras práticas de estudo, divulgação e pesquisa. Estava maduro o suficiente para ampliar suas ações, sentindo que, para tanto, seria necessária uma identidade única com a qual as individualidades se identificariam, representando o coletivo. Assim nasceu a ASSEPE , reunindo nove pessoas que assinaram sua ata de fundação. Dentre os citados, não estiveram presentes, por motivos particulares, Dílson Júnior, Isabela Virgínio e Ayice Chaves Silva. Este último, morando em Campina Grande – PB, integra o quadro de sócios correspondentes, juntamente com Marcelo Henrique Pereira (São José – SC), Milton Medran Moreira (Porto Alegre – RS), Nícia Cunha (Cuiabá-MT) e Mirgon Kayser Junior (Porto Alegre – RS).

A Associação de Estudos e Pesquisas Espíritas de João Pessoa teve inicialmente sua sede provisória no apartamento. 204 do Edifício Marruá, Rua Desportista Aurélio Rocha, 485, Bairro dos Estados. Em 20 de março de 2006 inaugurou o espaço onde passou a se reunir, na Rua Joaquim Torres, 485, Sala 203, Bairro Torre, João Pessoa – PB.

A ASSEPE , no processo de amadurecimento, pretende extrapolar os limites da entidade e fazer de seus fundamentos – espírita, pluralista, progressista, livre pensadora – mais do que ideais, mas prática constante entre seus membros e na sociedade, atuando, sem amarras, no processo de ampliação dos conceitos espíritas na realidade do mundo atual, sem restringi-los às cercas institucionais ou aos ditames de correntes do movimento espírita.

Back to top